segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Porque quem ama tem medo de perder....

Nunca gostei de perder. Sou muito ciosa com as minhas coisas. Não me interessa se perco à sueca, ao monopolio ou no jogo da malha, mas se perco uns brincos, sejam de €1 ou de €100, fico deveras chateada. Triste. Abala-me mesmo. Eram meus, baratos ou caros. E eu tinha-lhes apreço.

E os sentimentos? Sou agarrada a eles. Às minhas pessoas. Ao meu círculo. Se perco um dos elos, fico perdida por uns tempos. Desoriento-me. É como se o collant ficasse com um buraco, todo ele inutilizado e uma parte do corpo exposta .... entretanto apanha-se-lhe as malhas e a 'coisa' lá anda por mais uns tempos. Sim recomponho-me. Mas (in)felizmente nunca esqueço. E a vida não volta a ser a mesma.... e até pode vir a ser melhor, mas nunca a mesma.

Mas tudo isto é paisagem quando falamos de coração. E o meu é assim de um cristal raro e chato dado que não pode ser levado à máquina de lavar e tem de ser tratado com mãozinhas de fada. E temos mais que fazer do que andar com corações ao colo. E por isso mesmo ando sempre em remendos. E as linhas já não são o que eram outrora. E a idade também não. E sim, está claro, a intensidade com que ele bate também faz com que as linhas rebentem. Hei-de experimentar fio de pesca.

Eu tenho medo de perder. Tenho medo porque nunca amei assim. Tenho medo porque há algo em mim que diz que não mereço. Se calhar porque deveria ter feito o crisma....

4 comentários:

Formiguita Bipolar disse...

Confesso que, entre outras vergonhas pessoais, fiz esse belo sacramento (o crisma) e também eu sinto (às vezes, vá) o medo de perder. Por isso não, não é essa a causa para o mal de que padeces.

; )

Kika Canas da Lapa disse...

Falava com o meu namorado no outro dia que de todas as religiosices, só não fiz o crisma. E por isso me lembrei disto... :D... já que andei lá tantos anos, deveria ter tido tino e ter feito o 'curso' até ao fim.

Então tá visto que o medo de perder é assim um mal geral. Será que os jeovás tb têm? (fui má...ups)


Bjinho

Pipinha disse...

Kika das profundezas!!!!
Pó caso nem o crisma te salvava...
Beijos grandes. E como eu te compreendo com as perdas. Aqui que ninguém nos ouça chorei com 17 anos por uma borracha que o Caramelo me estragou. Aquilo doeu mesmo!!!

Kika Canas da Lapa disse...

Pipas... isso das profundezas cheira-me a monstro do Lochness :s
sei que sou feia mas...... LOLOL

Achas que o crisma não era a soluçao? É que se for menina vai ali ao xor padre e trata do assunto :P

Epah as pessoas acham que é coisa pouca mas eu compreendo-te... eu cada vez que tenho de me 'livrar' dum telemóvel apetece-me chorar. Qd tive de deixar o polo no stand da Mini e, leia-se trouxe o Mini comigo novinho em folha só pra mim, ainda me correram umas lágrimas :P

Sou Parva!